Deputado Heitor Júnior faz alerta sobre número de casos de câncer de próstata no Estado

Deputado Heitor Júnior faz alerta sobre número de casos de câncer de próstata no Estado

Durante sessão realizada nesta terça-feira (13), o deputado Heitor Júnior (PODE) fez um alerta sobre o aumento nos casos de câncer de próstata no Acre. O parlamentar salientou que são realizadas poucas ações em prol da saúde do homem, e que o preconceito em relação ao exame ainda é um tabu a ser quebrado para evitar que mais mortes aconteçam decorrentes da doença.

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) apresentou dados apontando que 61 casos de câncer de próstata foram notificados em todo Acre até o final de 2017. Destacou também que 1 em cada 9 homens serão atingidos pela doença em todo o Brasil.

“Estou muito preocupado com os casos de câncer de próstata no Acre. Novembro é um mês dedicado à saúde do homem e observamos poucas ações sendo executadas para prevenir esse tipo de doença, que atinge especificamente a ala masculina. Os números apresentados pela Sesacre assustam, pois muitas são as mortes decorrentes dessa doença, que é totalmente curável”, disse.

Heitor Júnior destacou que o preconceito ainda é um dos tabus no diagnóstico do câncer de próstata. Muitos homens se negam a se tratar porque não querem fazer o exame de toque. “Precisamos acabar com esse preconceito e incentivar que façam o exame. É uma atitude que pode salvar vidas”, ressaltou.

Fatores de risco

Antecedente familiar tem grande importância – um paciente cujo pai ou tio tiveram câncer de próstata tem o dobro de risco de desenvolver a doença do que a população em geral. O risco é ainda maior para os homens que têm um irmão com a doença. Se o paciente tiver menos de 65 anos e mais de um parente afetado pela doença, o risco aumenta de 6 a 11 vezes.

Andressa Oliveira
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com