Deputado Jenilson Leite alerta para número de casos de dengue em Tarauacá e Feijó

Deputado Jenilson Leite alerta para número de casos de dengue em Tarauacá e Feijó

O deputado Jenilson Leite (PCdoB) demonstrou preocupação quanto ao número de casos de pessoas infectadas com o vírus da dengue em Tarauacá e Feijó. Em discurso durante a sessão desta terça-feira (23), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), o parlamentar também falou sobre seus planos em se candidatar à presidência da casa no próximo ano.

Jenilson Leite disse que o número de infectados com dengue em Tarauacá e Feijó é alarmante e que os números tendem a subir, uma vez que estamos em um período chuvoso. O deputado relatou que em Feijó três pessoas foram a óbito, e que há fortes indícios de que todas estavam contaminadas com o vírus.

“Os casos de dengue nessas cidades, em função do crescimento da reprodução do mosquito em período invernoso, têm sido alarmantes. Estarei fazendo hoje uma visita à Casa Civil para pedir ao governador que ajude com o que for possível aqueles municípios a realizarem a prevenção. Em Tarauacá, o número de casos já é significativo. Em Feijó, já houveram três óbitos e as suspeitas recaem sobre a dengue”, disse.

Jenilson Leite falou ainda sobre sua possível candidatura à presidência da Mesa Diretora da Aleac na próxima legislatura. Ele destacou que havendo consenso entre os parlamentares da oposição e sendo apresentado apenas um nome para concorrer a vaga, ele apoia o candidato apresentado. Por outro lado, o comunista disse que se os oposicionistas apresentarem mais de uma candidatura ele e seu grupo irão disputar a vaga.

“Coloquei meu nome para concorrer à presidência da Aleac, temos 11 parlamentares e confiamos nos seus propósitos. Acho difícil minha eleição, pois teremos um novo governo com maioria nesta casa. Se chegarmos a um entendimento e eles apresentarem apenas um candidato, terão meu voto e não me candidato. Mas se houver mais de uma candidatura apresentada, eu também entrarei na disputa”, afiançou.

Jenilson Leite finalizou seu discurso reafirmando que sua maior preocupação é desenvolver um mandato produtivo, como tem feito ao longo dos anos. Disse também que não irá fazer uma oposição irresponsável contra o governo de Gladson Cameli (PP), pois entende que seu papel é fiscalizar e buscar o melhor para a população acreana.

“Me posicionei firme, desempenhei um papel bom e continuarei assim. Não farei oposição irresponsável, cobrarei o próximo governador no que precisa ser cobrado. Torço para que o governo dê certo, pois a população se beneficia disso. Irei ajudar em tudo que eu puder, com meu lado definido e posicionamento claro”, concluiu.

Andressa Oliveira
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com