Sobre tentativas de sequestros deputada Eliane Sinhasique afirma: “Secretaria de Segurança não tem mais credibilidade para os acreanos”

Sobre tentativas de sequestros deputada Eliane Sinhasique afirma: “Secretaria de Segurança não tem mais credibilidade para os acreanos”

Em pronunciamento na sessão desta terça-feira (25) a deputada Eliane Sinhasique (MDB) questionou a declaração dada pelo delegado Josemar Pontes, secretário-adjunto de Polícia Civil, a um site local. O delegado teria afirmado que ‘não há na capital do Acre nenhum registro de rapto de crianças’. A oposicionista discordou do delegado, salientando que os boletins de ocorrência não são registrados pelos pais porque a segurança pública está desacreditada.

“A falta de credibilidade das intuições governamentais é um grande problema. Os criminosos além de roubarem as nossas casas, celulares, motos e bolsas agora estão atacando os nosso bem mais precioso, nossos filhos. E para piorar ainda mais a situação de pânico, a polícia disse a mando do secretário de Segurança que não havia nenhum indicio de que crianças estariam sendo sequestradas no Estado, que isso não passava de boatos”, disse.

Segundo a emedebista, as tentativas de sequestros não são registradas nas delegacias pelos pais porque os mesmos não acreditam mais na Segurança Pública. “O povo não acredita mais na Segurança. As pessoas cansaram de fazer os boletins de ocorrência e não terem resposta. Se a polícia não elucida nem os crimes, que dirá as tentativas de sequestro. Isso é um absurdo. A Secretaria de Segurança não tem mais credibilidade para os acreanos”, frisou.

A parlamentar destacou ainda o boletim de ocorrência que foi registrado por um pai na semana passada na delegacia de polícia civil da Baixada da Sobral. No BO, o pai relata que seu filho voltava da escola com o responsável quando um indivíduo se aproximou e puxou a criança.

“Graças a Deus o rapaz conseguiu pegar a criança dos braços do meliante. Gente a coisa está séria, os gestores precisam tomar alguma providência o mais rápido possível. Se a Secretaria de Segurança não tomava nenhuma atitude por falta de registro de ocorrência agora é hora de agir, os pais estão registrando as tentativas de sequestro nas delegacias. Quatro casos como este já foram registrados em menos de dez dias, é hora de agir”, complementou.

Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com