Deputada Eliane Sinhasique repudia sugestão do governador a manifestantes de Jordão

Deputada Eliane Sinhasique repudia sugestão do governador a manifestantes de Jordão

Na sessão desta quarta-feira (6) a deputada Eliane Sinhasique (MDB) repudiou a resposta que o governador Tião Viana (PT) teria dado ao ser abordado na pista do aeródromo de Jordão, por manifestantes que protestavam contra o reajuste da passagem aérea. Segundo a oposicionista, ao ser questionado se ele poderia interceder para evitar o reajuste da passagem Tião Viana teria sugerido que eles “tocassem fogo nas aeronaves”.

Para a emedebista, o governador teria incentivado o vandalismo em vez de manifestar apoio à causa. “Nunca antes na história vi um governador cometer tamanho desatino. Ele está precisando de um médico, só pode. Ele com certeza não está em sua plena capacidade mental. Incentivar o vandalismo, sugerir que os manifestantes ateassem fogo nos aviões, isso é um absurdo. Isso não é postura de um governador”, disse a deputada.

Ainda segundo a deputada, a população dos municípios isolados do Acre merece respeito. “Sugerir tocar fogo nos aviões em vez de estimular o diálogo, de manifestar algum tipo de apoio, aí já é demais. É muita falta de respeito. Nunca tinha visto isso na minha vida. Foi tudo gravado, o vídeo está circulando para quem quiser ver em todas as redes sociais. Imagina se agora na capital o povo começa a tocar fogo em ônibus devido ao aumento da passagem? A gente espera que o governador pacifique a situação, que resolva os problemas, e não que incentive o vandalismo”, enfatizou.

Para concluir, Eliane Sinhasique também questionou a declaração do senador Jorge Viana (PT) sobre o valor do óleo diesel. “Esse é outro que também precisa de um médico, está precisando tomar um remedinho para memória. Ele disse que conseguiu baixar no governo dele a alíquota do diesel de 25% para 17%, até parece que essa foi uma iniciativa dele. Isso só aconteceu porque a Confaz queria equilibrar a carga tributária do diesel com a de Rondônia. Essa não foi uma decisão dele. Foi uma determinação, um convênio firmado com a Confaz. Senhor Jorge Viana, o senhor não é tão bonzinho como está querendo parecer. Está precisando tomar um remedinho para memória”, disse a parlamentar.

Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com