Deputado Gehlen Diniz defende intervenção federal no Estado

Deputado Gehlen Diniz defende intervenção federal no Estado

O deputado Gehlen Diniz (PP) falou durante a sessão desta terça-feira (22), que foi surpreendido com a notícia de que o líder do PT na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Daniel Zen, havia feito uma representação contra ele junto ao Ministério Público. O parlamentar falou também sobre a execução de duas pessoas em um ponto de ônibus da capital e disse que deve haver uma intervenção federal no Estado.

“Essa representação do líder desse desgoverno do PT é uma acusação leviana. Mais um sinal de desespero de uma pessoa que não contestou nada do que eu falei. Afirmei que o prefeito da capital responde a centenas de inquéritos e ele não questionou nada. O gestor que ele defende é acusado de desviar dinheiro do Deracre e ele sequer contestou. Eles sabem que é verdade”, disse.

Sobre as mortes ocorridas recentemente na capital, Gehlen Diniz afirmou que deve haver intervenção federal no Estado. Ele citou que os crimes têm características de execução e salientou que a população acreana não aguenta mais viver com medo. Falou também que as polícias estão fazendo o máximo que podem, uma vez que atuam com efetivo reduzido e péssimas condições de trabalho.

“Recentemente aconteceram mais duas execuções em Rio Branco. Uma das pessoas teve as orelhas decepadas. Fiz uma pesquisa sobre o que ocorre aqui e muitos desses crimes estão passando em branco. Deve haver intervenção federal urgente. Já era para o governo do Estado ter pedido ajuda ao Governo Federal. As pessoas não aguentam mais. As polícias trabalham no limite, com número reduzido no efetivo e péssimas condições de trabalho. Esse governo já se mostrou impotente para solucionar esse problema”, afirmou.

Andressa Oliveira
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com