Dia Nacional do Taquígrafo é destaque na Aleac

Dia Nacional do Taquígrafo é destaque na Aleac

Dia 3 de maio o Brasil comemora o Dia Nacional do Taquígrafo, data consagrada pelo 1º Congresso Brasileiro de Taquigrafia, realizado em São Paulo, em 1951, que aprovou proposição apresentada por Adoar Abech, taquígrafo gaúcho.

O dia alude à data de instalação da primeira Assembleia Nacional Constituinte, em 1823.

A data também remete à memória dos primeiros taquígrafos parlamentares brasileiros: Possidônio Antônio Alves, João Caetano de Almeida e Silva, Pedro Afonso de Carvalho, Manoel José Pereira da Silva, João Estevão da Cruz, José Gonçalves da Silva, Vitorino Ribeiro de Oliveira e Silva e Justiniano Maria dos Santos — e se congratula com estudantes, professores e profissionais cultores da arte da escrita expressa.

Na Assembleia Legislativa do Estado do Acre o corpo de taquígrafos é a memória viva da alma do Parlamento acreano: os debates que desde 1963 são realizados em plenário e constituem a essência da atividade parlamentar.

Ao registrarem os discursos dos deputados, os taquígrafos eternizam as palavras em textos que são publicados no Diário Oficial do Poder Legislativo e se tornam registros históricos do Legislativo acreano. Por esse fato, a atividade taquigráfica tem uma importância fundamental para a memória da Assembleia Legislativa.

Antes da sessão solene desta quinta-feira (3) o presidente, em exercício, da Aleac, deputado Raimundinho da Saúde (Podemos) fez questão de prestar uma homenagem aos taquígrafos da casa, ressaltando a data comemorativa da categoria.

Paulo Luiz
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com