Deputado Eber Machado propõe audiência pública para debater situação de agentes penitenciários

Deputado Eber Machado propõe audiência pública para debater situação de agentes penitenciários

Durante sessão realizada nesta quarta-feira (25), o deputado Eber Machado (Podemos) falou sobre a homenagem que recebeu no Sindicato dos Conselheiros Tutelares do Estado. O parlamentar voltou a falar das condições precárias em que os agentes socioeducativos trabalham e solicitou a presença do diretor do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen) no Poder Legislativo e também a realização de uma audiência pública para debater a questão.

“Nossa ideia é visitarmos todas as unidades onde os agentes trabalham, mas pelo fato de já nos depararmos com aquela situação no presídio, agiremos de forma imediata, para que consigamos melhorias para aqueles trabalhadores. Ontem dei entrada nesta casa em dois requerimentos para que possamos votar hoje. O primeiro convidando o diretor do Iapen no Acre, para que possamos dialogar e encontrarmos o melhor caminho. O segundo solicitando uma audiência pública para fazermos um debate acerca do tema”, justificou.

O parlamentar alertou ainda que atualmente cada agende penitenciário é responsável por 100 presos e afirmou que essa é uma situação inadmissível. “Não podemos admitir que ainda convivamos com isso diante dos nossos olhos. Solicito que coloquemos em votação no dia de hoje, e aprovados, encontremos o melhor caminho para solucionar esse problema”.

No tempo destinado ao Grande Expediente, Eber Machado criticou o atual horário de atendimento oferecido à população pela Central de Serviço Público (OCA). Ele destacou que é notória a insatisfação por parte da população, que por vezes enfrenta filas enormes para ser atendida.

“A OCA é o local que recebe todas as pessoas que têm as maiores necessidades dentro do Estado. Hoje encontramos dificuldades com o atendimento reduzido. Através da Comissão de Serviço Público desta casa convidamos a secretária Sawana Carvalho, para que possamos saber os motivos dessa diminuição do horário de funcionamento. Pois nossa população é a última que pode ser atingida. A OCA chegou de forma grande, e agora, infelizmente, se encontra nessa situação”, lamentou.

Andressa Oliveira
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com