Deputado Gehlen Diniz critica valor destinado pelo governo à Polícia Militar

Deputado Gehlen Diniz critica valor destinado pelo governo à Polícia Militar

O deputado Gehlen Diniz (PP) falou durante a sessão desta quinta-feira (12) sobre a diferença no valor da verba destinada pelo governo à Policia Militar do Estado e à Secretaria de Comunicação. O montante deverá ser utilizado pelos respectivos setores no segundo trimestre de 2018. O parlamentar afirmou que a polícia trabalha em condições precárias devido à falta de investimento.

Gehlen Diniz destacou que enquanto a Secretaria de Comunicação terá em caixa R$ 3,3 milhões, a Polícia Militar do Estado receberá apenas R$ 540 mil. Ele afirmou que apesar dos esforços da polícia, o governo não dá condições para que ela execute seus trabalhos. O parlamentar indagou se o governador irá combater o crime por meio de propagandas.

“Vão combater o crime com propaganda, afirmando que está tudo sob controle? Falta até fardamento para os policiais. Faltam condições dignas para que eles trabalhem. Alguns foram convocados pelo comando, o objetivo era dar ordem de prisão para quem não estava uniformizado, mas se depararam com centenas sem uniforme. Naquele momento o comando percebeu a realidade em que vivem esses profissionais. Observando a fala do nobre deputado Daniel Zen, que conhece bem outros estados, tenho certeza que ele nessas viagens que fez aos outros estados nunca viu policiais militares trabalhando de jeans por falta de farda. Antigamente de longe você percebia quem era policial. Um turista que vier por aqui, ao ouvir a fala dos deputados governistas vai achar que vivemos num paraíso, que tudo funciona perfeitamente. Mas essa não é a realidade, a verdade é diferente”, pontuou.

O parlamentar falou ainda sobre a falta itens básicos na Saúde, e as condições precárias em que se encontram as ruas da capital. Destacou também que se pertencesse à base do governo teria vergonha em defender algumas ações tomadas pelo Executivo.

“Enquanto realizamos transplante de fígado no Estado, não temos sequer gaze ou fio de sutura e esparadrapos nos hospitais. Essas são as maravilhas do governo petista. Ruas do Povo não existe mais, dada a péssima qualidade do serviço prestado. Rio branco hoje é uma cidade intrafegável. Esse desgoverno quer se perpetuar no poder com propagandas enganosas, mas mesmo que invistam milhões em divulgação não irão conseguir”, finalizou.

Andressa Oliveira
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com