“Os avanços na Saúde nunca são reconhecidos pela oposição, afirma deputado Daniel Zen

“Os avanços na Saúde nunca são reconhecidos pela oposição, afirma deputado Daniel Zen

O líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Daniel Zen (PT), disse na sessão desta quarta-feira (12) que a oposição tem dificuldades de reconhecer os avanços que a saúde pública obteve desde que o PT assumiu o governo do Acre. Segundo o parlamentar, as críticas aumentam ainda mais em ano eleitoral.

“A oposição está cheia de histrionismo, de chiliques e ataques. Estão tentando nos provocar a todo custo, mas tem coisas que não vale nem a pena a gente responder. Mas até às eleições tem chão”, disse o parlamentar.

O deputado ressaltou o compromisso que o governador Tião Viana (PT) tem com a saúde pública do Estado e os avanços alcançados pelo setor nos últimos anos.

“Nunca fechamos os olhos para os problemas da Saúde, os gargalos existem e nunca foram negados. Mas não podemos dizer que o governador não se empenhou para garantir uma saúde de qualidade à população, um exemplo disso são os procedimentos cardiológicos como safena, mamária, cateterismo que atualmente são realizados aqui. Antes, as pessoas tinham que viajar para outros estados para realizar esses tipos de procedimentos e hoje eles são todos feitos no Acre. Um dos grandes avanços do nosso atendimento de saúde”, enfatizou.

Daniel Zen também falou sobre os investimentos importantes que foram feitos na atenção básica de saúde. “O atendimento na atenção básica melhorou significativamente. A redução da mortalidade infantil também é uma vitória e isso se deve muito ao saneamento básico, com a pavimentação das vias. Foi exatamente isso que o Programa Ruas do Povo fez, garantiu o saneamento básico integrado nos municípios mais isolados. Hoje, Rio Branco tem 96% de cobertura de agua tratada, esse trabalho garantiu a redução da mortalidade infantil e a melhoria das políticas de saúde”, afirmou.

O parlamentar também destacou o compromisso que o ex-prefeito de Rio Branco e pré-candidato ao governo do Estado Marcus Alexandre (PT) teve com setor. “Ele construiu 22 novas unidades básicas de saúde enquanto esteve na prefeitura da capital. Ao todo, Rio Branco possuiu 55 unidades básicas de saúde. Mais uma vez eu afirmo: nós sabemos que existem gargalos, mas os avanços não podem ser esquecidos. Temos problemas nos nossos hospitais, mas em outros estados a situação é muito pior. Até pagando pela rede privada as pessoas tem dificuldades de serem atendidas. No Acre, 98% dos cidadãos são atendidos pelos SUS, isso merece ser destacado”, frisou.

Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com