Aleac homenageia crianças e jovens com Síndrome de Down

Aleac homenageia crianças e jovens com Síndrome de Down

Em sessão solene marcada por emoção e lições de vida, crianças, jovens e adultos com Síndrome de Down foram homenageados na manhã desta quinta-feira (22), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). O autor do requerimento e também presidente da Mesa Diretora, deputado Ney Amorim (PT), destacou a importância de políticas públicas que incentivem a educação, combatam o preconceito e promovam a inclusão dessas pessoas no mercado de trabalho.

A sessão solene, que aconteceu em alusão ao Dia Internacional da Síndrome de Down, comemorado dia 21 de março, contou com a presença de jovens e crianças com Down e familiares, representantes da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) do Acre, Tocantins, Roraima, Amazonas e da Família Down no Acre e também da ex-deputada federal Perpétua Almeida.

O presidente da Aleac, deputado Ney Amorim (PT), falou emocionado sobre a vivência diária, lutas e vitórias das pessoas com Síndrome de Down. Ele, que é pai de um Down, Junior, destacou a importância da luta contra o preconceito e também para que o mercado de trabalho seja receptivo à classe. Ney Amorim é autor da Resolução 208/2015, que disponibilizou vagas no quadro de servidores do Poder Legislativo a pessoas com Down.

“O Poder Legislativo é uma casa de muitos debates, para mim hoje é um dia muito especial, pois tenho a felicidade de ser pai de um Down, que é minha vida e alegria. Só nós, pais e familiares, conhecemos de perto as dificuldades e vitórias alcançadas em cada etapa da vida desses anjos. Eles nos ensinam o amor mais sublime, puro e verdadeiro que uma pessoa pode ter na vida. Esse momento é para celebrar, mas, sobretudo, para conscientizar. E que mais seja feito por essas pessoas que tanto precisam de nós”, salientou.

Cecília Maria, presidente da Apae de Rio Branco, agradeceu ao presidente da Aleac e demais parlamentares, pela iniciativa da sessão. Disse ainda que a Instituição trabalha para oferecer ensino e dignidade às pessoas com Síndrome de Down.

“Todos que fazem parte desse movimento se emocionam com essa homenagem, por isso quero agradecer ao deputado Ney Amorim por essa bela e tão importante iniciativa. Este ano conquistamos nossa quadra na Apae, uma instituição presente em todos os estados brasileiros, que realiza um trabalho importante na educação de crianças e jovens com Down. O Francisco, que hoje faz parte do quadro de servidores da Aleac, vivia triste, doente, agora, com essa nova função, ele é uma pessoa feliz”, destacou.

Rafaela Monteiro da Silva, representante da Família Down no Acre, agradeceu a iniciativa do deputado Ney Amorim. “Obrigada deputado Ney Amorim por essa solenidade, são momentos como estes que nos possibilitam quebrar um pouco do preconceito. São nessas ocasiões que temos a oportunidade de mostrar o quanto os nossos filhos são capazes de levar uma vida normal”, disse.

Rafaela destacou ainda a importância do projeto ‘Família Down no Estado’, que atualmente conta com a participação de 62 famílias. “A criação desse projeto foi uma forma que encontramos de ajudar outras mães que passavam pela mesma situação. Atualmente nós realizamos encontros mensais e sempre nos falamos por telefone, trocamos experiências do dia a dia dos nossos filhos, sobre quais exames são necessários. A gente troca dicas sobre médicos, sobre especialistas, porque a gente tem que ter um acompanhamento com eles muito detalhado. Realizamos ainda encontros importantes e seminários para discutir o futuro dos nossos filhos”, complementou.

Em pronunciamento, a ex-deputada federal Perpétua Almeida destacou a importância da atuação das Apaes na prestação de serviços especializados para o desenvolvimento da pessoa com Síndrome de Down. Ela parabenizou o presidente da Aleac, deputado Ney Amorim, pela realização da solenidade.

“O meu envolvimento com a Apae se deu no momento em que o Congresso Nacional, não compreendendo a importância do movimento, idealizou uma proposta de mudança de inclusão, mas cometeu o pecado de achar que para se ter uma boa inclusão as Apaes deveriam desaparecer. Não concordei e participei de vários manifestos para comprovar que inclusão não é diminuir e sim somar”, enfatizou.

Ela destacou ainda o apoio do deputado Ney Amorim à causa. “Ney Amorim nos emociona pelo olhar especial que ele tem dado às pessoas com Síndrome de Down no Acre. Ele, como pai de um adolescente com Down e como presidente de uma instituição importante, tem ajudado muito no processo de conscientização”, salientou.

O que disseram os parlamentares:

Eliane Sinhasique (MDB)
“Neste dia só quero reafirmar o meu apoio e dizer que tudo que eu puder fazer enquanto parlamentar para trazer melhorias para as pessoas com Down eu farei. Sabemos que existem algumas limitações, muitas vezes apresentamos projetos e fazemos solicitações que não são atendidas pelo governo do Estado e isso dificulta muito o processo. A falta de sensibilidade por parte do governo atrapalha demais o nosso trabalho. Eu mesma estou há quatro anos esperando a liberação das minhas emendas que eu solicitei para o Colégio Dom Bosco. Isso me deixa muito triste e frustrada. Peço que o governador dê celeridade à liberação dessas emendas, existem projetos importantes que precisam ser colocados em prática, essa é uma causa que merece uma atenção especial”.

Jenilson Leite (PCdoB)
“Esta sessão foge à regra dos debates diários que temos no Poder Legislativo. Hoje o sentimento mais exaltado aqui foi o amor. Esta sessão tem um papel fundamental para chamar atenção deste poder para os enfrentamentos diários de pessoas com Síndrome de Down. Acompanho o comprometimento do deputado Ney Amorim com esta causa, sempre com muita determinação, por isso receba também meus parabéns. ”

Reconhecimento
Ao final da sessão, Ney Amorim recebeu homenagens dos pais da Família Down e também de seu filho, Juninho, que entregou uma medalha e um certificado ao mesmo. Os representantes da Família Down, Rafaela Monteiro e Maykel Biachini, pais de Luiz Henrique, entregaram ao parlamentar uma lembrança em nome do grupo.

“Temos feito um trabalho à sociedade de forma que levemos mais conhecimento sobre a Síndrome de Down. Isso é importante, saber o que é a síndrome, que quem a possui tem plena capacidade, necessita apenas de mais incentivo e cuidados. Me espelho no Ney, pois ele tem nos ajudado demais, trazendo, inclusive, profissionais especializados para contribuir com as famílias”, destacou Rafaela.

Júnior Amorim, filho do deputado Ney Amorim, entregou um certificado e uma medalha ao pai e agradeceu pela dedicação e amor que o mesmo lhe oferece.

“Hoje usarei o microfone como meu pai. Quero dizer aqui, na frente de todos, que te amo muito pai! Quero agradecer por me sentir tão importante na sua vida. Obrigado por me inserir nas suas agendas e ainda ter tempo de torcer por mim no futebol. Te amo muito, meu pai! ” Disse emocionado.

Suely Sampaio, uma das fundadoras da Família Down no Acre, prestou uma homenagem ao presidente Ney Amorim. Ela agradeceu o apoio que ele tem dado à causa por meio de projetos importantes que, segundo ela, contribuem para que as pessoas com Down sejam vistas como seres humanos capazes.

“Encontramos no deputado Ney a pessoa capaz de nos ajudar a montar todo esse quebra-cabeça. Ele nos trouxe grandes oportunidades por meio de projetos e ações que fortaleceram significativamente esse processo que enfrentamos. Minha filha Seleny hoje faz parte do quadro de servidores desta casa graças a um projeto de sua autoria. Ney tem contribuído de forma especial para que os nossos filhos sejam vistos como pessoas capazes, somos imensamente gratos por isso”, salientou.

Emocionado, Ney Amorim agradeceu a surpresa e disse que não esperava ser surpreendido, que a sessão foi realizada com o intuito de promover não apenas uma homenagem às pessoas com Síndrome de Down, mas também para conscientizar a sociedade e combater o preconceito.

“Agradeço a presença de todos os representantes das Apaes de vários estados brasileiros. Tivemos um dia muito especial, nada melhor do que uma sessão carregada de amor e bons sentimentos, como foi essa. Vendo os pais de Down, os depoimentos, é um momento realmente especial. Já passei por vários momentos importantes aqui, recebi algumas homenagens, mas não esperava por isso hoje e jamais irei esquecer. Espero ter contribuído com essa causa e continuar fazendo mais. Nós devemos unir nossas forças, pois assim faremos muito mais. A estrela são vocês que possuem Down”, finalizou.

Andressa Oliveira e Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com