Alunos do IFAC visitam Assembleia Legislativa e conhecem o trabalho parlamentar

Alunos do IFAC visitam Assembleia Legislativa e conhecem o trabalho parlamentar

Estudantes no plenário

Um grupo de 43 alunos dos cursos de Técnico em Serviços Jurídicos e de Técnico em Administração do Instituto Federal do Acre (Ifac), visitou na manhã desta sexta-feira (16), a Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). Acompanhados do técnico legislativo e coordenador de Comunicação Social, Paulo Luiz; e do coordenador de Cerimonial e Relações Públicas, Neto Barros, os estudantes puderam conhecer um pouco mais da história do Parlamento acreano, constituído em 1962, com a promulgação da lei que passou o Acre de território a Estado da Federação, e do trabalho parlamentar desenvolvido pelos deputados estaduais.

Entre os ambientes visitados, os estudantes estiveram no Salão Nobre, local onde os parlamentares aguardam o horário de início das sessões. O espaço abriga duas importantes obras do pintor acreano Sansão Pereira. A primeira delas é em homenagem ao herói da Revolução Acreana, José Plácido de Castro. Já a segunda é um retrato da antiga sede do Poder Legislativo, que sofreu um incêndio em 30 de abril de 1992.

Eles também visitaram a sala das sessões Francisco Cartaxo, o plenário. No espaço, os alunos conheceram melhor como funciona todo o método de abertura e início das sessões. Os coordenadores explicaram detalhadamente sobre o procedimento dos discursos parlamentares que são divididos entre o Pequeno Expediente, Grande Expediente (destinado apenas às lideranças partidárias) e a Ordem do Dia (tempo destinado à votação de projetos de lei, requerimentos e indicações). Além da Explicação Pessoal, espaço em que o parlamentar tem direito a 10 minutos para a oratória.

Para Thaís Moura, professora e coordenadora do curso de Técnico em Serviços Jurídicos do Ifac, a ideia da visita é apresentar na prática como funciona o Poder Legislativo. “A importância desta visita é mostrar realmente como funciona o Parlamento. Hoje eles estão tendo a oportunidade de conhecer melhor o regimento desta casa e como é dividido o tempo de trabalho dos deputados estaduais. A partir desse conhecimento, eles terão a capacidade de fazer com clareza suas escolhas nas eleições futuras, sempre a partir do questionamento mais importante: “quem eu quero que de fato me represente na Aleac”? Enfatizou.

Além do Salão Nobre e do plenário da Casa, o grupo de estudantes conheceu um dos espaços mais democráticos da Aleac, o Salão Marina Silva, em que qualquer cidadão comum ou categorias podem acompanhar as sessões legislativas, seja para reivindicar direitos, apresentar propostas ou apenas para acompanhar de perto os discursos dos deputados.

Eles contemplaram ainda a maior obra de marchetaria do mundo, disposta em painéis, do artista plástico acreano Maqueson Pereira da Silva. São ao todo nove painéis que contam trechos da história da Revolução Acreana, entre eles o corte da corrente sobre o Rio Acre pelas tropas de Plácido de Castro. Essa foi uma das táticas adotadas pelo exército boliviano para impedir a expansão dos soldados liderados por Plácido de Castro.

Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com