Deputado Antônio Pedro diz que terceirização poderá gerar grandes transtornos à saúde pública

Deputado Antônio Pedro diz que terceirização poderá gerar grandes transtornos à saúde pública

Na sessão desta quarta-feira (14), o deputado Antônio Pedro (DEM) falou que o projeto de lei de autoria do Poder Executivo que trata da escolha de uma Organização Social (OS) para gerenciar três unidades de saúde de Rio Branco: Pronto Socorro e as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) poderá causar grandes transtornos à saúde pública do Estado.

O democrata citou como exemplo a situação da Fábrica de Preservativos de Xapuri, que é mantida através de empresas terceirizadas e que está há três meses sem pagar seus funcionários.

“Terceirizar a Saúde é um risco, os trabalhadores da Fábrica de Preservativos de Xapuri estão há três meses sem receber, isso porque a maioria das empresas terceirizadas não estão pagando. Não sei se a situação já foi resolvida, mas até o início do mês os servidores estavam sem receber. Isso é muito ruim, o governador Tião Viana é médico e trata a Saúde dessa forma, é muito descaso. Ele está decepcionando os servidores”, disse.

O parlamentar relatou ainda que foi procurado por um grupo de pessoas que foram aprovadas no concurso da Saúde em 2013 e que até o momento não foram convocadas pelo governo do Estado para assumir seus cargos. “Eles me procuraram e pediram para eu faça alguma coisa e eu gostaria de pedir que o governo olhe com mais carinho para essas pessoas. Eles se dedicaram tanto para passar nesse concurso, lutaram tanto para conseguir a aprovação e desde 2013 aguardam a convocação do governo, isso é muito sério. Peço que o governador resolva logo essa situação”, finalizou.

Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com