Deputado Gehlen Diniz denuncia uso indevido de máquinas do governo em propriedade particular em Rondônia

Deputado Gehlen Diniz denuncia uso indevido de máquinas do governo em propriedade particular em Rondônia

Durante a sessão desta quarta-feira (21), o deputado Gehlen Diniz (PP) falou sobre uma denúncia que recebeu acerca do uso indevido de máquinas do Estado, que supostamente estariam sendo utilizadas em Rondônia, em terras particulares. O parlamentar pediu que o Ministério Público Estadual convoque o secretário José Carlos Reis, da Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária (Seap), para que o mesmo preste esclarecimentos sobre o caso.

“De acordo com a denúncia que recebi, máquinas novas estariam emprestadas para pessoas ligadas ao secretário e que vivem em Rondônia. A informação dá conta que o serviço está sendo feito na colheita de arroz. O MP tem que investigar. Nada contra Rondônia, mas as máquinas pertencem ao Acre e os agricultores daqui estão precisando desses equipamentos que não são cedidos a eles”, denunciou.

Gehlen Diniz pediu que o Ministério Público convoque o secretário para prestar esclarecimentos e saber se a denúncia tem fundamento. Disse ainda que o Estado vizinho é bem mais desenvolvido que o Acre e que os produtores daqui necessitam desses equipamentos, mas nunca conseguem autorização para utilizá-los.

“O secretário tem que ser convocado. Ele precisa dar explicações, e se isso for realmente verdade tem que ser punido. Existem fotos dessas máquinas, isso é algo grave! Rondônia é muito mais desenvolvido, não teve a infelicidade de passar 20 anos sob o comando de um governo petista”, advertiu.
O parlamentar finalizou seu discurso reafirmando que caso seja aprovado o projeto de lei que proíbe a saída in natura de castanhas do Estado, de autoria do deputado Heitor Junior (PDT), pelo Poder Legislativo, os catadores de castanha do Estado voltarão a viver em situação de miséria.

Andressa Oliveira
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com