“O govenador do Acre é médico, mas tem verdadeiro desprezo com a saúde pública do Estado”, afirma deputado Nelson Sales

“O govenador do Acre é médico, mas tem verdadeiro desprezo com a saúde pública do Estado”, afirma deputado Nelson Sales

Em pronunciamento na sessão desta quinta-feira (8), o deputado Nelson Sales (PV) falou da falta de comprometimento que, segundo ele, o governador Tião Viana (PT) tem demonstrado com os problemas do Estado. O parlamentar afirmou que o governo não faz nenhum esforço para amenizar as dificuldades enfrentadas nos mais diversos setores do Acre.

“De todos os problemas e dificuldades os dois mais graves são a segurança e a saúde. A população de Sena Madureira, por exemplo, aguarda desde 2016 a instalação de uma unidade do IML. Ambulâncias no hospital lá tem um dia sim e outro não. O hospital de Sena possui 45 leitos e conta apenas com um profissional de plantão para atender os internados a sala de parto e a emergência. A verdade é uma só: o governador Tião Viana é médico, mas tem verdadeiro desprezo com a saúde pública do Estado”, afirmou.

O parlamentar também falou das emendas que foram destinadas pelo deputado federal Alan Rick, no valor de R$ 4 milhões, para reforma e ampliação do hospital João Câncio, de Sena Madureira. De acordo com ele, a emenda foi destinada em 2016 e até hoje não foi licitada pelo governo do Estado.

“Quando eu falo que não existe por parte do governo nenhum tipo de compromisso com a saúde eu não estou exagerando. Essas emendas alocadas pelo deputado Alan Rick já viraram uma novela, desde 2016 o recurso está na conta de Estado e até hoje não licitado pelo governo. Isso é muito grave. Isso é desserviço. A verdade é que o governo do Acre tem outras prioridades, como investimentos para construção de museus, por exemplo”, destaca Nelson Sales.

Segundo Nelson Sales, para iniciar a obra do hospital de Sena Madureira é preciso apenas que a administração estadual faça sua parte e realize a licitação. “Precisa só que esse governo incompetente licite. Reclamaram que o terreno não estava regularizado, o prefeito regularizou. O que o governo espera? Estão esperando vencer os dois anos para devolver o dinheiro? É porque o Alan veio para oposição? Isso é vergonhoso”, questiona o oposicionista.

O parlamentar disse ainda que o governo do Acre estaria gastando com projetos que não seriam de interesse público. “Enquanto o governo não paga estagiário, terceirizados, fornecedores, ele usa mais de R$ 5 milhões para situações que não são emergenciais neste Estado. O governador tem desprezo pelo povo do Acre. Não adianta tirar o Emylson, tem que tirar o governador. Ele governa este Estado por capricho, governa só para os seus. Se magoar ele, ele não faz”, ressaltou Nelson Sales.

Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com