Deputado Lourival Marques esclarece documento que pede investigação de áudios de Márcio Bittar

Deputado Lourival Marques esclarece documento que pede investigação de áudios de Márcio Bittar

O líder do PT na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Lourival Marques, fez esclarecimentos durante a sessão desta quarta-feira (7), sobre a representação apresentada pelo deputado Daniel Zen (PT), que pede a investigação por parte do Ministério Público (MP) dos áudios no WhatsApp do pré-candidato ao senado, Márcio Bittar (MDB), onde afirma que políticos teriam recebido doações ilegais de dinheiro.

“Venho à tribuna fazer esclarecimentos, pois acho que alguns parlamentares da oposição não possuem a capacidade de interpretar um texto. A representação lida pelo deputado Daniel Zen foi apresentada pelo Partido dos Trabalhadores e não pelo governador. Em nenhum momento foi colocado que o Petecão fez uso irregular do dinheiro, o que consta é que Márcio Bittar afirmou que o senador teria recebido R$ 1 milhão do empresário Fernando Lage”, justificou.

Lourival disse ainda que o que se pede é a apuração desses áudios, onde, de acordo com ele, também consta que o pai do senador Gladson Cameli (PP), que também é pré-candidato ao governo do Estado, iria aplicar R$ 30 milhões na campanha do filho.

“Caso queiram cópias, indico a leitura com interpretação correta do documento. Apenas o Ministério Público pode se posicionar se o pedido será acatado ou não. Em relação ao que foi dito, que Gladson Cameli receberá R$ 30 milhões de seu pai para aplicar em sua campanha ao governo este ano é também algo grave e que deve ser investigado”, finalizou o parlamentar.

Andressa Oliveira
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com