“O governador não resolve a situação do Pró-Saúde porque não quer”, afirma deputado Nelson Sales

“O governador não resolve a situação do Pró-Saúde porque não quer”, afirma deputado Nelson Sales

Durante a sessão desta terça-feira (5), o deputado Nelson Sales (PV) criticou o governo do Estado pelas demissões de servidores do Serviço Social de Saúde do Acre (Pró-Saúde). Ele destacou também que os demais parlamentares irão apoiar o projeto de lei do deputado Raimundinho da Saúde (Podemos), que impede demissões dos funcionários durante o final do ano.

“Quero fazer justiça a todos os deputados, tenho certeza que nenhum é contrário às posições que venham beneficiar o pessoal do Pró-Saúde, pois jamais se oporão ao povo. Quero dizer que existe a discussão sobre a constitucionalidade, mas o que o deputado Raimundinho está promovendo é uma forma de evitar a demissão dessas pessoas. O governador não resolve a situação do Pró-Saúde porque não quer”, ajuizou.

Nelson Sales relatou que durante uma visita ao Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), verificou que o setor de traumatologia está abandonado. Destacou também que se fosse médico e governasse um Estado teria vergonha de deixar um hospital naquele estado.

“Estive no Huerb e verifiquei que o setor de traumatologia está uma vergonha. Se eu fosse médico e governador teria vergonha de deixar um hospital daquele jeito. O governador fica por aí negociando cargos, pedindo apoio para o candidato dele e esquece de administrar o Estado. Esse governador não respeita o Poder Legislativo, muito menos a população acreana”, lamentou.

Andressa Oliveira
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com