Deputado Gehlen Diniz desafia Daniel Zen a provar que ele não tem conduta ilibada

Deputado Gehlen Diniz desafia Daniel Zen a provar que ele não tem conduta ilibada

Durante a sessão desta quinta-feira (30), o deputado Gehlen Diniz (PP) discursou sobre os ataques que ele afirma ter sofrido do líder do governo, deputado Daniel Zen (PT). O parlamentar disse que foi ofendido de forma grotesca e com palavras chulas e desafiou Daniel Zen a provar que ele não tem conduta ilibada.

“Ontem, na minha fala, fiz críticas ao atual secretário de Segurança Pública, que, na minha opinião, deixou o caos se instalar neste Estado. Fiz críticas também ao atual prefeito de Rio Branco, e por conta dessas críticas o deputado líder do governo veio a esta tribuna e de forma covarde, já que eu não estava no plenário para rebatê-lo, usou palavras de baixo calão e fez acusações inverídicas a meu respeito”, rebateu.

Gehlen Diniz pediu que a Mesa Diretora da Aleac tome providências acerca do comportamento do líder do governo na casa e disse que se nada for feito agora, no período de véspera de campanha o plenário poderá se tornar um ringue.

“Caso a Mesa Diretora não tome uma atitude em relação ao deputado Daniel Zen esta casa será transformada em um ringue. Recentemente ele saiu do plenário exibindo o dedo médio para mim. Ontem, além de tentar me humilhar, fez acusações graves a meu respeito. Sou natural de Sena Madureira, nasci no rio Iaco e tenho orgulho de minhas origens. Até mesmo os sena-madureirenses ele ofendeu ao me mandar voltar para o buraco de onde saí”, destacou.

Durante o tempo destinado à Explicação Pessoal, Gehlen Diniz solicitou à Mesa Diretora que coloque o projeto de lei de sua autoria, que proíbe o governo de pagar honorários advocatícios a advogados particulares para defender gestores e ex-gestores para ser votado.

Andressa Oliveira
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com