Deputado Jesus Sérgio destaca ações do Depasa nos municípios isolados do Acre

Deputado Jesus Sérgio destaca ações do Depasa nos municípios isolados do Acre

O deputado Jesus Sérgio (PDT) destacou na sessão desta quinta-feira (30) as ações que o Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) tem realizado nos municípios isolados do Acre. Segundo o parlamentar, o órgão tem se esforçado para garantir a execução dos principais serviços de infraestrutura, como a ampliação da rede de água, esgoto e pavimentação.

“Quase todo mês vou ao Jordão e tenho visto o trabalho que o Depasa vem realizando no município na área de saneamento básico e ampliação das ruas. Não estou aqui fazendo defesa de secretário, estou apenas reconhecendo os investimentos importantes que o órgão tem feito nos municípios mais isolados do Estado”, disse.

O pedetista também comentou a denúncia feita pelo deputado Raimundinho de Saúde (Podemos) de que o Depasa estaria abastecendo os moradores do Bujari com água suja. “Essa é uma denúncia grave e por isso peço uma atenção especial do Depasa nessa questão. Sei que ainda temos problemas com relação ao abastecimento de água. Em Tarauacá, por exemplo, a população reivindica a instalação de rede de água em alguns bairros. Eu mesmo fiz uma indicação solicitando a instalação dessa rede e até hoje não fui atendido”, afirmou.

Para o deputado é inadmissível que a população acreana sofra com a falta de água potável. “Não entendo por que não temos água potável em algumas localidades do Estado, vivemos numa região amazônica que tem água o tempo todo. Não temos seca nessa região, não tem por que faltar água no Acre”, enfatizou.

No Grande Expediente Jesus Sérgio também ressaltou os investimentos que foram feitos no setor educacional do Estado nos últimos anos. “Não podemos ser injustos e dizer que não houve avanços. O PT, apesar dos erros que comete, fez investimentos importantíssimos, principalmente na área da educação e isso deve ser reconhecido. Sou professor concursado desde 1996 e por isso sei do que estou falando. O governo iniciou em 2001 um curso de formação para os professores do Acre, isso em todos os municípios. Podemos até está atrasado com relação aos outros estados, mas no setor de educação não”, ressaltou.

O parlamentar seguiu afirmando que o grande gargalo do Acre não é a educação. “Nosso gargalo não é a educação. Falta investimento na produção do nosso Estado, na nossa economia. O governo investe muito mal nessa área, esse é nosso grande gargalo. A fábrica de compensado de Tarauacá, por exemplo, está parada, isto é um exemplo de como investir errado. A área de produção do Acre tem deixado muito a desejar, mas não podemos ser injustos e dizer que o governo não investe em educação”, concluiu.

Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com