Deputada Leila Galvão se posiciona contra PEC 181 que criminaliza todo tipo de aborto

Deputada Leila Galvão se posiciona contra PEC 181 que criminaliza todo tipo de aborto

A deputada Leila Galvão (PT) falou durante a sessão desta terça-feira (21) sobre a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 181, que visa criminalizar o aborto em qualquer circunstância no Brasil. A parlamentar parabenizou um grupo de mulheres que foi à Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) pedir apoio aos deputados para tentar barrar a proposta.

A PEC 181 propõe incluir na Constituição “a garantia do direito à vida desde a concepção”, com isso, mesmo as três possibilidades de aborto hoje permitidas legalmente no país: casos de estupro, anencefalia (feto com má formação cerebral) ou risco à vida da gestante, serão proibidas por lei.

“Conquistamos e continuaremos defendendo políticas afirmativas para que atuemos de forma cada vez melhor na sociedade. A luta dessas mulheres é essencial! Vai contra todos os princípios criminalizar todo tipo de aborto, pois há casos e casos. Isso atenta contra a dignidade de milhares de mulheres e a diversidade de perspectivas. Por isso pedimos que todos os parlamentares assinem esse documento se posicionando contra essa aprovação. Esse é um direito à liberdade e não podemos infringir”, argumentou.

Leila Galvão também rebateu críticas feitas por parlamentares oposicionistas de que a Frente Popular do Acre está há 20 anos no poder do Estado e a situação só piorou em todas as esferas.

“Se nosso projeto não apresentasse melhorias para a população ele não teria se mantido por todo esse tempo. A população é sábia. Nós vamos continuar nossa luta, sim, defendendo uma oportunidade para que as pessoas possam avaliar nosso trabalho, que é contínuo”, concluiu.

Andressa Oliveira
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com