Deputado Luiz Gonzaga alerta para erosão em trecho da 364 que dá acesso a Rodrigues Alves

Deputado Luiz Gonzaga alerta para erosão em trecho da 364 que dá acesso a Rodrigues Alves

O deputado Luiz Gonzaga (PDSB) disse na sessão desta terça-feira (14) que o acesso ao município de Rodrigues Alves pela BR-364 voltou a apresentar erosão em decorrência da elevação do nível do Rio Juruá. Ainda segundo o tucano, a obra que estaria sendo realizada no local pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre) não chegou a ser concluída.

“Recebi muitas ligações de moradores de Rodrigues Alves que estão sofrendo com a situação dessa estrada. A cheia do rio voltou a destruir a estrada que dá acesso ao município e isso tem gerado inúmeros prejuízos à população. O Deracre iniciou no começo deste ano a construção de um desvio, mas, infelizmente, não terminou. O órgão precisa dar continuidade às obras, pois a atual situação da estrada está prejudicando demais a população, principalmente os produtores rurais que precisam levar suas produções para vender na cidade de Cruzeiro do Sul”, disse.

Saúde

O oposicionista solicitou ainda o conserto da máquina de esterilização do centro cirúrgico do hospital do Juruá. De acordo com ele, o equipamento está quebrado há quatro meses e isso estaria prejudicando a realização de novas cirurgias.

“Recebi muitas ligações de moradores de Cruzeiro do Sul sobre esse problema. Eles me relataram que a máquina está quebrada há quatro meses e até hoje não foi consertada. Por conta disso, vários pacientes aguardam na fila à espera de uma cirurgia. Quando há uma emergência os médicos têm que usar a máquina de esterilização da maternidade, isso é um absurdo”, afirmou.

O parlamentar relatou que um paciente que foi operado de hérnia está há quatro meses sentindo dor devido a falta do equipamento. “Um cidadão fez uma operação de hérnia e está até hoje sentindo dor porque os médicos não têm como usar a máquina. Isso é um absurdo, o governo do Estado tem que ter mais compromisso com a saúde e com o Vale do Juruá. Isso é um desrespeito com a população”, finalizou.

Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com