Deputado Jenilson Leite diz que profissão de caminhoneteiro precisa ser reconhecida

Deputado Jenilson Leite diz que profissão de caminhoneteiro precisa ser reconhecida

O deputado Jenilson Leite (PCdoB) explicou na sessão desta terça-feira (7) que o Projeto de Lei nº 96, de sua autoria, que acrescenta ao serviço de transporte intermunicipal de passageiros a categoria mista de caminhonete, que realiza o transporte de passageiros e fretes, tem como objetivo fazer justiça aos profissionais que sempre transportaram passageiros mesmo nas situações mais precárias da BR-364.

“Esse PL faz justiça aos caminhoneteiros que mesmo durante o período do inverno amazônico continuam trabalhando. São eles que socorrem a população de Tarauacá e Feijó quando as estradas se encontram em situações precárias devido às chuvas frequentes. Por isso a importância de se reconhecer o serviço de caminhonete naquela região, nós precisamos, sim, fazer justiça”, enfatizou.

O parlamentar falou ainda que recebeu um abaixo-assinado de motoristas dos municípios de Tarauacá e Feijó, com aval de vereadores das câmaras municipais, pedindo o reconhecimento dos freteiros. “Recebemos um abaixo-assinado da Câmara de Vereadores de Tarauacá e da população dos dois municípios pedindo para que a gente resolva logo esta situação. Queremos resolver essa situação da melhor maneira possível, sem prejudicar nenhuma categoria. O projeto será discutido nas Comissões de Serviço Público e de Constituição de Justiça e se aprovado nós o encaminharemos para devida votação em plenário”, afirmou.

Ainda segundo Jenilson, a lei aprovada anteriormente deixou a categoria de fora, o que ele chama de “distorção”. A ação, segundo o deputado, é para evitar que os profissionais continuem sendo multados e seus carros apreendidos. “Nós não achamos justo, eles precisam ser reconhecidos porque eles são precursores dos transportes de passageiros na BR”, disse o deputado.

Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com