Deputado Nelson Sales questiona praticidade de encontro realizado no Acre sobre segurança pública

Deputado Nelson Sales questiona praticidade de encontro realizado no Acre sobre segurança pública

Em discurso na sessão desta quarta-feira (1º), o deputado Nelson Sales (PV) comentou o Encontro de Governadores do Brasil realizado na última sexta (27), no Acre. Explicou que em momento algum tentou desqualificar a qualidade das pessoas presentes no evento, apenas questionou a praticidade do para os estados fronteiriços.

“Eu juro que não quero polemizar com o deputado Jairo Carvalho com relação a esse evento. Eu não desqualifiquei as pessoas que estavam presentes, eu falei da utilidade dele aqui. Se gastou R$ 1 milhão para esse evento. Só o espaço físico foram R$ 150 mil. Eu disse que o assunto poderia ser debatido em qualquer sala de Brasília, mas criaram um palanque político em cima de um problema que o povo do Acre enfrenta. O que eu disse é: se dali sairia alguma medida concreta. Foi autorizado o aumento de efetivo para a Polícia Rodoviária Federal patrulhar as nossas rodovias? Foi aumentado o efetivo da Polícia Federal ou foi determinado ao Exército para que aumente o efeito nas fronteiras para fazer a nossa segurança? Não foi. Aí vemos um estudo desse do Fórum Brasileiro de Segurança Pública dizendo que Rio Branco é uma das capitais mais violentas do Brasil’, argumentou.

Nelson Sales parabenizou a inclusão na Carta do Acre, documento assinado pelos 20 governadores presentes no Encontro, da proposta de criação do Fundo Nacional de Segurança Pública. Ele sugeriu ainda que não se construam presídios em perímetros urbanos. “Isso aumenta o risco para as populações vizinhas. Essa é a minha opinião sobre o grande encontro. O povo do Acre está cansando de conversa, o povo do Acre quer ação. Aquele policiamento que estava nas esquinas durante o evento não está mais”, disse o parlamentar.

José Pinheiro
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com