Deputado Heitor Júnior pede demissão de superintendente do HC após perda de órgãos

Deputado Heitor Júnior pede demissão de superintendente do HC após perda de órgãos

Diante dos fatos ocorridos no último final de semana, em que rins doados se perderam por falta de uma solução conservante, o deputado Heitor Júnior (PDT) voltou a pedir a demissão da superintendente do Hospital das Clínicas (HC), Juliana Quinteiro. O parlamentar disse em seu pronunciamento nesta terça-feira (24) que é inadmissível que atos dessa natureza ocorram no maior hospital do Acre.

“Eu venho na mesma linha, da reclamação, da irresponsabilidade do Hospital das Clínicas e da superintendente daquela unidade. Eu mais uma vez peço a demissão da enfermeira Juliana por incompetência. É inadmissível faltar um conservante para preservar um órgão. Estão faltando mais de 100 itens. Peço ao governador Tião Viana que demita a enfermeira Juliana. Já provou que não tem capacidade técnica e administrativa para assumir aquela unidade hospitalar. Tem equipamentos quebrados também. E preciso rigor quando se fala de saúde. Todos os sites e jornais estão falando a respeito do mesmo assunto. Duas vidas podem se perder porque não tem um conservante para preservar os órgãos doados”, disse Heitor Júnior.

O parlamentar pedetista pediu também a intervenção do Ministério Público Estadual no caso. O objetivo é saber qual a razão para a falta de tantos medicamentos importantes. Ele citou que há três meses o Hospital das Clínicas não dispõe do medicamento Tacrolimo, utilizado para reduzir os riscos de rejeição dos órgãos transplantados.

“É preciso que o Ministério Público do Acre seja acionado. O remédio Tacrolimo está em falta. Há 3 meses não têm essa medicação no Creme. A responsabilidade é do Ministério da Saúde (MS), mas o governo não pode ser omisso”, disse o deputado.

José Pinheiro
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com