Deputado Gehlen Diniz lamenta mortes violentas na capital e critica secretário de Segurança

Deputado Gehlen Diniz lamenta mortes violentas na capital e critica secretário de Segurança

O deputado Gehlen Diniz (PP) falou durante a sessão desta quarta-feira (18) sobre o índice de violência no Estado. O parlamentar afirmou que é alarmante o número de homicídios e criticou o secretário de Segurança, Emylson Farias, pela atuação que ele intitula como incompetente.

“Em outubro conseguimos atingir uma marca história para o Acre, um homicídio por dia, todos de forma violenta e graças à incompetência do Estado. Só este ano quase 300 pessoas foram assassinadas e o secretário de Segurança tem a audácia de chamar isso como ‘ponto fora da curva’. Isso é um absurdo! ” Argumentou.

O parlamentar afirmou que um jornal de grande circulação do Estado definiu como “debate pequeno” a fala de deputados que criticam o sistema de segurança e repreendeu o governo petista pela atual situação. De acordo com ele, mesmo tendo ficado por 13 anos no governo federal, o PT agora que reconheceu a insegurança nas fronteiras.

“Saibam que esse debate é de suma importância para tentar acordar o governo para que ele aja. Nosso papel é dar publicidade, sim. Esse mesmo editorial diz que a causa dessa violência é a fronteira desguarnecida. Descobriram agora isso? Treze anos depois e por que não resolveram antes? Mais uma vez apenas constatam a informação como se fossem alheios e não tivessem nada a ver com isso”, criticou.

Gehlen Diniz concluiu seu discurso afirmando que é inaceitável que jovens percam suas vidas por conta do crime e lamentou a atual situação de insegurança no Estado. Disse ainda que mais quatro anos de governo petista e será impossível sair de casa sem correr o risco de ser assaltado ou até mesmo assassinado.

Andressa Oliveira
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com