Deputada Doutora Juliana diz que Eletrobras não respeita consumidor

Deputada Doutora Juliana diz que Eletrobras não respeita consumidor

O caso de uma família do bairro Boa União, em Rio Branco, que depende do uso de insulina e que precisa manter o produto sob refrigeração e teve sua energia suspensa na última terça-feira (17) por técnicos da Eletrobras Distribuição Acre, mesmo com todas as contas de energia pagas, deixou a deputada Doutora Juliana (PSB) indignada. Na sessão desta quarta-feira (18) a parlamentar falou sobre o ocorrido. Segundo ela, o filho do casal fez o pagamento da fatura pessoalmente, mas o comprovante emitido pela lotérica do shopping de Rio Branco não foi aceito pelos funcionários da Eletrobras.

“Isso é um absurdo. Até quando vamos ver casos como esse nos jornais? Estou indignada, não é de hoje que essa empresa é injusta com o consumidor acreano. E o mais grave disso tudo é que com a suspensão de energia os medicamentos dos donos da casa, que estavam na geladeira, estragaram, e o sorvete que era vendido na casa, também”, disse.

De acordo com a parlamentar, não é de hoje que a Eletrobras causa constrangimento à população acreana. “Essa empresa é campeã de reclamações, eles sempre deixam o consumidor na mão. Não podemos nos calar, como deputada estadual não tenho competência para atuar na legislação, mas não vou ficar de braços cruzados. Me coloco à disposição dessa família, se quiserem entrar na Justiça contem comigo”, complementou.

Para concluir, Doutora Juliana lamentou a morte de Patrícia Miranda, a mesma era deficiente auditiva e faleceu na manhã desta quarta-feira (18). “Uma grande perda para a comunidade surda do Acre. Patrícia era intérprete de Libras e uma grande lutadora pela causa dos surdos no Acre, ela deixará sem dúvida uma lacuna que dificilmente será preenchida. Meus pêsames à família”, concluiu.

Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com