Walter Prado defende Jorge Viana e diz que participação de políticos em empresas privadas é legal

walter111214O deputado Walter Prado (PROS) comentou as declarações do deputado Major Rocha (PSDB) que acusou o senador Jorge Viana (PT/AC) de participação ilícita em ações de empresas ligadas à instituição de ensino superior responsável pela implantação do curso de Medicina no sStado. De acordo com ele, não há irregularidades em políticos participarem como sócios em empresas privadas. “Eu agora vou explicitar de forma jurídica esse assunto abordado pelo deputado Rocha. Apenas para deixar claro, é absolutamente normal. Só se participa numa firma se forem publicados os atos. Não há nada anormal. Me impede, apenas, de ser o gerente. Asseguro que não há nenhuma ilegalidade nisso”, frisou o deputado do PROS.

Ainda em seu discurso o parlamentar disse que o senador Jorge Viana (PT/AC) resgatou a autoestima do povo acreano, sendo que seu nome não pode ser maculado com acusações infundadas.

“O senador Jorge Viana organizou este Estado. Com todo respeito a Vossa Excelência, posso lhe assegurar que o senador não entraria em coisas ilícitas. Se procurar vai encontrar um número grande de políticos que participam de empreendimentos, isso é normal e legal”.

Walter Prado (PROS) lembrou que o senador petista apresentou um projeto de lei no Senado Federal que proíbe a doação por parte de empresas com a finalidade de financiar campanhas. Entretanto, não foi aprovado nas Comissões do Senado.

“O Jorge apresentou projeto para colocar um fim nisso, mas não foi aprovado. Ele fez a parte dele”.

Prado relatou ainda sobre o decreto municipal que proíbe o trânsito de caminhões em Tarauacá. Para o parlamentar, o decreto é ilegal, pois fere o direito de ir e vir. Ele pontuou que a medida prejudica a economia de Tarauacá, principalmente os empresários do comércio que necessitam fazer a descarga de produtos ao longo da BR-364.

O parlamentar agradeceu o convite feito pelo senador eleito, Gladson Cameli (PP/AC), para uma vistoria na região da ponte do Rio Madeira. De acordo com ele, Cameli tem demonstrado preocupação com as questões do Acre. Walter Prado pediu desculpas por não poder acompanhar Cameli na visita por questões de saúde.

“Queria agradecer publicamente o convite feito pelo senador Gladson Cameli que me formulou convite sobre a questão da trafegabilidade para o Acre. Fiquei honrado”.

Sobre agencia agencia

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com