Deputada Eliane Sinhasique afirma que empresa Agrocortex continua funcionando

Deputada Eliane Sinhasique afirma que empresa Agrocortex continua funcionando

Em pronunciamento na sessão desta terça-feira (29), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), a deputada Eliane Sinhasique (PMDB) afirmou que a empresa Agrocortex, de Manoel Urbano, não vai fechar. A parlamentar relatou que foi àquele município no último final de semana para conferir se as notícias de que a fábrica fecharia as portas eram verdadeiras. Segundo ela, a empresa que tem todas as licenças ambientais necessárias para funcionar está fazendo o reflorestamento no Amazonas onde tem 98% da área a ser manejada e 2% em território Acreano.

“Fui até Manoel Urbano e constatei que as informações sobre a demissão em massa dos funcionários e o fechamento da empresa Agrocortex não procediam. Na ocasião, conversei com o chefe do setor de recursos humanos da empresa e ele me informou que apenas as pessoas que trabalham na safra da retirada da madeira foram dispensadas. Essas pessoas serão recontratadas quando o período das chuvas chegar ao fim. Os outros funcionários continuam trabalhando normalmente”, informou.

A oposicionista afirmou que a empresa Agrocortex gera emprego e renda à população de Manoel Urbano. É uma empresa que emprega 440 funcionários, com salário médio mensal de R$ 1.500,00. O investimento é de 220 milhões e o faturado em 2014/2015/2016 foi de 20 milhões com exportação de madeira serrada. Um empreendimento importante, que atua com responsabilidade e que garante emprego e renda à população daquela cidade”, disse.

Sinhasique falou ainda da reforma do quartel da Polícia Militar de Manoel Urbano. De acordo com ela, a obra orçada em R$ 95 mil começou em maio de 2016 e até o momento não foi concluída.

“Os policiais militares estão trabalhando na sede da Polícia Civil e dividem um espaço pequeno com outros policiais, sem contar o número absurdo de caixas de equipamento de monitoramento que se encontram amontoados na sala. Tem mais, a obra encontra-se parada porque o governo não pagou a empresa que foi contratada para fazer a reforma. A empreiteira tem que pagar os trabalhadores e o governo simplesmente não repassou o restante do dinheiro. O governo mais uma vez se mostrou caloteiro, indecente e irresponsável”, enfatizou.

A parlamentar lamentou ainda o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, ocorrido na madrugada desta terça-feira, na cidade de La Unión, próximo a Medellín, na Colômbia. A tragédia culminou com a morte de 76 pessoas. Sinhasique se solidarizou com a família Bestene pelo falecimento do médico Márcio Bestene Koury, filho da professora da Universidade Federal do Acre (Ufac), Nabiha Bestene, e sobrinho de José Bestene. Ele era chefe da equipe médica do time da Chapecoense.

“Me solidarizo com as famílias que perderam seus entes queridos nessa tragédia. Meus sentimentos à querida Nabiha e à toda família Bestene. Hoje o Brasil não tem torcida. Hoje nenhum time tem hino, não tem cores, não há rivalidade. Hoje todos os brasileiros são catarinenses, hoje todos nós torcemos pelo clube Chapecoense, mesmo aqueles que não gostam de futebol. Hoje estamos todos unidos em oração pela vida de quem ficou e por aqueles que se foram”, concluiu.

Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com