Deputada Leila Galvão destaca obras de recuperação de ramais na Reserva Extrativista Chico Mendes

Deputada Leila Galvão destaca obras de recuperação de ramais na Reserva Extrativista Chico Mendes

A deputada Leila Galvão (PT) destacou na sessão desta terça-feira (29), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), a entrega da obra de melhoramento de 126 quilômetros de ramais e a construção de 150 banheiros nas comunidades da Reserva Extrativista Chico Mendes (Resex Chico Mendes), em Xapuri.

A obra, que foi entregue àquela comunidade na última sexta-feira (25) pelo governador Tião Viana (PT), beneficiou, segundo a parlamentar, mais de 800 famílias de produtores e extrativistas. Os investimentos chegam a R$ 35 milhões em produção, infraestrutura e saneamento básico.

A deputada relatou que o ato foi realizado na sede da comunidade Rio Branco e contou com a presença do governador Tião Viana, do senador Jorge Viana, do prefeito de Xapuri e de vereadores e lideranças comunitárias. Para Leila Galvão, a obra é importante uma vez que beneficia as áreas de preservação do Estado.

“É assim que o governo do Acre atua dentro das áreas de preservação, fortalecendo a conservação da floresta e o desenvolvimento sustentável. O governo quando faz esse tipo de obra sabe que está investindo na qualidade de vida das pessoas”, disse.

A deputada frisou que a manutenção dos ramais garante aos moradores da zona rural o escoamento da produção e o acesso aos serviços de saúde, segurança e educação, além de legitimar o direito de ir e vir.

“A obra assegura a trafegabilidade dos moradores de 22 comunidades, especialmente a Dois Irmãos, Palmari, Albrácea Japão, Simitumba e Rio Branco Floresta. A Sibéria, que fica fora da Resex, também recebeu melhorias no ramal principal”, ressaltou.

De acordo com a deputada, a obra de melhoramento e recuperação dos ramais da Resex Chico Mendes recebeu um investimento de R$ 6,5 milhões, geridos pela Sema, por meio do Programa de Desenvolvimento Sustentável, que está em sua segunda fase de execução e dispõe de recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Leila Galvão lamentou o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense ocorrido na madrugada desta terça-feira, na cidade de La Unión, próximo a Medellín, na Colômbia. A tragédia culminou na morte de 76 pessoas.

“Uma triste notícia. O Brasil está de luto. Quero prestar também minha solidariedade à família Bestene pelo falecimento de Márcio Bestene Koury, de 44 anos, que também estava no avião. Márcio tinha apenas 44 anos e era médico da Chapecoense. Que Deus possa confortar todos os familiares neste momento de dor”, concluiu.

Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com