Deputada Leila Galvão questiona fechamento de agências do Banco do Brasil

Deputada Leila Galvão questiona fechamento de agências do Banco do Brasil

A deputada Leila Galvão (PT) repudiou na sessão desta terça-feira (22), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), o conjunto de medidas de reorganização institucional aprovada pelo Conselho de Administração do Banco do Brasil no último domingo (20), que prevê o fechamento de agências e um plano de demissão incentivada.

Segundo informações do Conselho de Administração do Branco do Brasil, após a reorganização da rede de atendimento, 379 agências serão transformadas em postos de atendimento e 402 serão desativadas.

Para a deputada, a medida “radical” pegou os servidores de surpresa. “Temos que ter mais respeito com os servidores que trabalham há tantos anos com responsabilidade e zelo. Isso é um desrespeito com esses trabalhadores. Conversei com alguns funcionários e eles disseram que a notícia pegou todo mundo de surpresa. Essas medidas do governo federal são injustas demais. Que governo é esse que só quer priorizar os investimentos para os ricos, sendo que a maioria é pobre no Brasil”, questionou.

Leila Galvão disse que a mesma medida foi tomada em 1995 no Estado do Acre, com o fechamento do Banco do Estado do Acre (Banacre). “Na época os servidores do Banacre foram demitidos também com a justificativa de se enxugar, de economia, de contenção de gastos, mas, na verdade, nada se resolveu. O que vimos na época foram muitos servidores adotando planos de demissão voluntária, passando por dificuldades porque os resultados só atenderam os bancos privados, e agora a história se repete outra vez”, ressaltou.

A deputada demonstrou preocupação com o possível fechamento de agências bancárias nos municípios de Rio Branco e Assis Brasil. “A região do Alto Acre já enfrenta tantas dificuldades e agora vem essa notícia do fechamento da agencia bancária de Assis Brasil. Nós lutamos tanto para instalar uma agência do Banco do Brasil naquele município e agora ela será transformada num posto de atendimento, isso é lamentável. Aqui em Rio Branco duas agências serão fechadas. Não podemos nos calar diante de uma medida como esta. O que nos resta é usar a nossa voz e manifestar a nossa indignação”, afirmou.

Para concluir, Leila Galvão deu as boas-vindas ao deputado Lourival Marques (PT). O parlamentar havia deixado a Aleac para assumir a Secretaria de Estado de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof) e retornou aos trabalhos legislativos nesta terça-feira (22).

“Seja bem-vindo Lourival Marques à Casa Legislativa. Que Deus te abençoe grandemente na condução do seu mandato”, concluiu.

Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com