Comissão de Saúde da Aleac recebe representantes de planos e convênios de saúde

reuniaocomsaupla121114A Comissão de Saúde Pública e Assistência Social da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Eduardo Farias (PCdoB) realizou na manhã desta quarta-feira, 12, uma reunião com os representantes das operadoras dos planos de saúde no Estado. O objetivo do encontro era discutir alguns pontos como a impossibilidade no agendamento de consultas e a demora no atendimento. As demandas foram colocadas pelo deputado Jamyl Asfury (PEN) que solicitou a reunião.

Apenas duas operadoras de planos de saúde e convênios compareceram: Sesi/Saúde e Real Central de Convênios. As operadoras Unimed e Ameron não compareceram à Comissão.

O deputado Jamyl Asfury (PEN) disse que no Acre vive-se um retrocesso. Ele frisa que o atendimento na rede pública de saúde é melhor que os serviços prestados na saúde complementar, que são os planos e convênios.

“Vivemos um processo interessante no Acre. Os planos de saúde não estão cumprindo a legislação. São 14 dias no máximo para um atendimento a uma especialidade, no Acre chega a 60 dias”.

Asfury disse a baixa qualidade nos serviços prestados à sociedade pelos planos de saúde tem levado a classe médica a atender apenas de modo particular. Para ele isso é um absurdo, pois o indivíduo que adquire um plano obviamente está pagando pelo serviço, entretanto, é marginalizado.

Os representantes dos dois planos presentes à reunião disseram que não há registro de reclamações nos órgãos de controle como o Procon/AC. A representante do Sesi/Saúde, Raquel de Souza, disse que o plano atende tanto prestadores de serviço à indústria quanto a sociedade em geral.

Uma nova reunião foi anunciada pelo presidente da Comissão, deputado Eduardo Farias (PCdoB). A ideia agora é reunir tantos os representantes dos planos de saúde, acadêmicos ligados a área médica, bem como os usuários do serviço.

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com