Major Rocha questiona membros do Tribunal de Justiça do Acre por vazamento de informações sobre a G7

majorr111114O deputado de oposição Major Rocha (PSDB) apresentou na sessão desta terça-feira, 11, requerimento que pede esclarecimentos por parte do governador Tião Viana (PT) sobre a entrevista concedida a um site local em que ele afirma ter sido procurado por membros do Judiciário acreano, em seu gabinete, para informá-lo sobre uma investigação policial que prenderia parte do seu governo, no caso a Operação G7.

“Que o governador preste os esclarecimentos devidos. Que diga, quais foram os desembargadores que o procuraram no seu gabinete para informar sobre a Operação G7. Ele relatou que um membro do Judiciário, com sintomas de embriaguez alcoólica, também o procurou na missa para informar sobre a G7”, ressaltou Rocha.

Ainda em seu pronunciamento, o parlamentar disse que o Judiciário acreano passa por um momento obscuro. Ele frisa que, caso a informação seja confirmada, os desembargadores cometeram crime ao repassar informações sigilosas.

“O Estado Democrático de Direito pressupõe instituições fortes. O que observamos nessas declarações é que põem em suspeição boa parte do Judiciário acreano com o vazamento de informações privilegiadas”, declarou.
Major Rocha pediu a urgência na votação do requerimento. Se aprovado, o governador Tião Viana (PT) terá 30 dias para se pronunciar sobre o fato. O parlamentar tucano disse que a credibilidade do Poder Judiciário acreano precisa ser ‘restabelecida’. Acrescentando, o deputado pediu que os parlamentares da base do governo comentassem as declarações de Tião Viana.

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com