Jamyl Asfury afirma que direitos de produtores rurais acreanos que residem na Bolívia devem respeitados

jamyl291014O 2º vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Jamyl Asfury (PEN), destacou na sessão desta quarta-feira, 29, a reunião realizada ontem (28), em Cobija, envolvendo representantes do Governo do Acre e da Bolívia. Segundo o parlamentar, durante o encontro produtores rurais acreanos que residem naquele país relataram as “ofensas” que estão sofrendo dos trabalhadores bolivianos, bem como as injustiças ocorridas devido a um acordo oficializado entre os próprios produtores e que, segundo eles, não está sendo cumprido devidamente.

“Na quinta-feira passada recebi a denúncia de que um grupo de produtores rurais acreanos que reside em terras bolivianas foi obrigado a deixar as terras em que viviam em Cobija sob a condição de que eles pudessem retirar das terras todo o patrimônio que construíram no período que permaneceram lá. O problema é que essa condição que teria partido de um acordo com os próprios produtores bolivianos não está sendo respeitada”, explicou.

O deputado disse que durante a reunião apresentou alternativas com o intuito de garantir que os direitos dos produtores acreanos sejam respeitados. “Se eles fizeram um acordo com nossos produtores esse acordo terá que ser cumprido. Dessa forma tudo que eles construíram naquelas terras deverá ser retirado. O Secretário de Segurança do Acre também participou da reunião e está por dentro de toda situação, se trata de um problema iminente que deverá ser tratado entre o setor de  relações exteriores da Bolívia e do Brasil porque ontem eu deixei bem claro que os direitos dos brasileiros teriam que ser respeitados”, complementou.

Para concluir, Jamyl Asfury informou que uma nova reunião será realizada na próxima sexta-feira (31), às 11 horas (horário da Bolívia). O encontro novamente reunirá autoridades do Acre e da Bolívia bem como representantes dos trabalhadores rurais.

“Gostaria de convidar os parlamentares que tiverem interessados em participar da reunião que acontecerá na sexta-feira. Autoridades brasileiras e bolivianas estarão presentes para debater o caso. Nosso objetivo é encontrar alternativas que garantam o bem-estar dos nossos trabalhadores rurais”, concluiu.

Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com